Plano de Cargos e Salários

botao aumentar fonte botao diminuir fonte

Há o reconhecimento de que o sucesso das organizações modernas depende do investimento nas pessoas, com a identificação, aproveitamento e desenvolvimento do capital intelectual.

Como transformar então, esse princípio para a revitalização da gestão de pessoas nas áreas públicas e privadas?

Considerando ser a Política de Cargos e Salários o ponto de partida para o delineamento de uma eficiente administração de Recursos Humanos, deve ser tomada a iniciativa de criar subsídios contendo diretrizes básicas a serem seguidas, através da implantação de um Plano de Cargos e Salários.

Implantar e manter um plano de remuneração não é tarefa das mais fáceis. Por mais simplificado que seja, um pequeno Plano de Cargos e Salários passa por etapas similares às de um grandioso projeto.

O desenvolvimento das empresas pressupõe a disponibilidade permanente de Recursos Humanos aptos a atuar-nos mais diferentes níveis, segundo os objetivos que as empresas se propõem a atingir. As mesmas precisam adequar-se às necessidades humanas, de certa forma integrada.

Para tanto as empresas modernas devem buscar definir uma política de Recursos Humanos que possibilite uma obtenção, por parte dos colaboradores, de novos conhecimentos e habilidades, evidenciando, entretanto, o reconhecimento pela produtividade com a estruturação de planos de carreiras e incentivos ao desenvolvimento funcional.

Partindo da importância desta mudança, o IESAP com sua equipe altamente qualificada faz a avaliação e a classificação de cargos que consistem no processo de analisar e comparar o conteúdo dos cargos, colocando-os em ordem de classe para sua utilização como base de sistema de remuneração, relacionando-se com o preço para o cargo.

O objetivo desta avaliação é determinar o valor relativo de cada cargo dentro de uma organização, sendo que, em primeira instância, consiste na obtenção de informações a respeito do cargo. Essa análise determina os requisitos, as responsabilidades envolvidas e as condições exigidas pelo cargo para seu adequado desenvolvimento.

Com o Plano de Cargos e Salários, podemos estabelecer remuneração condizente, buscando o equilíbrio interno e externo na estrutura dos cargos e salários, com salário fixo e sistemas com premiações/recompensas (salário variável), beneficiando o ocupante do cargo pelo seu desempenho na participação e/ou contribuição no alcance dos resultados da organização.

Nas instituições públicas mesmo à espera de maior flexibilidade constitucional, é possível a formulação de planos sustentáveis que atendam aos anseios dos servidores, tomando-se como diretrizes:

  • A valorização e desenvolvimento funcional do servidor,
  • A articulação dos cargos, atividades e carreiras com os diversos ambientes institucionais,
  • A facilitação de programas de capacitação, tendo em vista o contínuo aperfeiçoamento profissional dos servidores,
  • A ênfase no auto desenvolvimento e auto gestão da carreira,
  • A mobilidade horizontal e vertical dentro dos grupos ocupacionais atividades determinados,
  • A responsabilidade do servidor sobre sua própria evolução profissional,
  • A qualificação para o crescimento,
  • A revalorização do Padrão Salarial,
  • A avaliação periódica de desempenho e potencial dos servidores, realizada em conformidade com metas previstas e modelos atuais de competências técnico funcionais.

 

Maiores informações entre em contato conosco, através do telefone 21.2510.3847 - Setor de Projetos / e-mail: projetos@iesap.com.br

IESAP© - Todos os direitos reservados
Tel.:  (21) 2510-3847